– China lança iniciativa especial de Medicina Chinesa para melhorar a saúde pública.

  • 11 2662-1713
  •  
  • 11 97341-9036

China lança iniciativa especial de Medicina Chinesa para melhorar a saúde pública.

China lança iniciativa especial de Medicina Chinesa para melhorar a saúde pública

De acordo com informações publicadas na imprensa chinesa esta última semana e repassada pelos parceiros internacionais da Faculdade EBRAMEC, o Governo Central da China em Beijing lançou um programa especial de três anos para promover o papel da Medicina Chinesa na melhoria da saúde pública.

Imagem da Cidade Proibida na capital da China, Beijing

De acordo com as informações que constam do plano de implementação emitido diretamente pela Comissão Nacional de Saúde da China e mais dois outros departamentos internos, este programa especial será realizado como parte da iniciativa identificada como China Saudável.

Este programa especial, de acordo com o plano de implementação, se concentrará em oito linhas de atuação, incluindo a aplicação da Medicina Chinesa na saúde materno-infantil, atendimento ao idoso, tratamento preventivo de doenças crônicas, miopia e obesidade na adolescência, além da popularização dos conhecimentos relacionados à Medicina Chinesa.

Uma série de medidas foram elaboradas e serão ainda mais detalhadas em relação a cada aspecto, com metas específicas a serem alcançadas ao longo do período.

De acordo com o plano apresentado pela Comissão Nacional de Saúde da China, até 2025, 90% das instituições de cuidados maternos e infantis de primeira linha fornecerão serviços especializados de Medicina Chinesa. A taxa de gestão e cuidados com a saúde tendo por base ou associada à prática da Medicina Chinesa entre crianças chegará a 85% e entre pessoas com 65 anos ou mais aumentará para 75%.

Diretor Geral da Faculdade EBRAMEC, Dr. Reginaldo Filho, PhD realizando atendimento

Nosso Diretor Geral, Dr. Reginaldo Filho, destaca que estas ações focadas na atenção materno-infantil são de grande importância para o crescimento e popularização ainda maior da Medicina Chinesa, visto que é uma atuação na ponta do processo de desenvolvimento da pessoa, mesmo antes de seu nascimento.

A Faculdade EBRAMEC, como a maior instituição dedicada à Medicina Chinesa no Brasil e com parceria com as mais renomadas Universidades de Medicina Chinesa da China, reforça que este tipo de plano de ação para atuação junto à saúde pública é de grande importância e seria muito bom se outros países também pudessem considerar esta ação integrada, visando o bem estar e a qualidade de vida da população.

 

Fonte: https://govt.chinadaily.com.cn/s/202209/23/WS632d12c4498ea274927a4144/china-launches-special-tcm-initiative-for-betterment-of-public-health.html