A Organização - FACULDADE EBRAMEC

  • 11 2662-1713
  •  
  • 11 97341-9036

A Organização

A Faculdade EBRAMEC possui sua sede em São Paulo e tem mais de 20 anos de mercado.

É a primeira Faculdade de Medicina Chinesa do Brasil e tem as primeiras Graduações em Medicina Chinesa autorizadas pelo MEC

História dos 20 anos da Faculdade Ebramec

No final da década de 1990, cursava uma graduação na área de humanas e já andava um tanto insatisfeito, não apenas com o curso, mas de modo geral. Ele também praticava artes marciais e na época já era faixa preta de Hapki-Do, uma arte marcial de origem coreana onde utilizamos alguns dos pontos de acupuntura como pontos de pressão para facilitar a aplicação de golpes, empregar menos força e atuar de forma mais direta para a defesa pessoal.

O pai teve um Acidente Vascular Cerebral Isquêmico e aquilo o abalou muito, pois sempre foi e ainda é um grande referencial de ética, honestidade, postura e força de viver, e isso acabou gerando uma séria crise de gastrite, algo que nunca tinha tido e que o debilitou e o incomodou muito. Foi a diferentes médicos e tomou diversos remédios indicados pelos médicos, mas nenhum auxiliou de nada, as dores e desconfortos continuavam. Foi então que se lembrou que seu mestre de Hapki-Do tinha iniciado uma prática de acupuntura e foi tentar o tratamento, que até então não conhecia e nunca tinha experimentado. Com uma única sessão de acupuntura auricular não teve mais quaisquer sintomas de gastrite.

Foi então que resolveu começar a estudar e ler mais para entender melhor o que tinha acontecido, pois até então para ele só conhecia a medicina ocidental e o que o ajudou foi algo totalmente novo e diferente. Desde então não parou mais de estudar. No início do ano seguinte, resolveu trancar a faculdade e começou estudar acupuntura no SATOSP, até então o único local que tinha aulas mais extensas e durante a semana. Posteriormente fez faculdade de Fisioterapia, pois ainda hoje não há uma graduação específica relacionada a Acupuntura.

Em conjunto com a sua formação inicial na área da Medicina Chinesa que teve por base o curso do SATOSP, que na época em que existia era diário com aulas de segunda a sábado, ele já buscava por mais conhecimentos em períodos diferentes dos que eu estava no SATOSP, estudando literalmente todos os dias, incluindo sábados e domingos, para que pudesse absorver o máximo de informações, conhecimentos e experiências.

Com o encerramento deste ciclo inicial, percebeu que ainda teria muito a buscar, ainda mais quando logo ao terminar o curso no mês seguinte foi convidado a lecionar no próprio SATOSP. Na época escolheu as disciplinas de teorias de base e de Canais e Colaterais, pois as considerava muito importantes e se conhecendo bem, sabia que teria de estudar muito para poder repassar as informações com a qualidade que gostaria, o que surtiu um bom efeito nos alunos, tanto que apenas 6 meses depois foi convidado pela presidência do SATOSP para ser o coordenador do curso.

Diretor geral, Dr. Reginaldo Filho com a premiação da  A Associação Brasileira de Liderança

Nosso Presidente (CEO)
Dr. Reginaldo Filho

Em 2001 fez minha primeira viagem de estudos à China, onde ficou mais de 40 dias de forma intensiva estudando em Jinan, na Universidade de Medicina Chinesa de Shandong, onde tinha estágio no hospital de manhã e de tarde e aulas particulares de noite, inclusive aos finais de semana.

Depois desta viagem inicial já teve a oportunidade de retornar à à China por mais de 30 vezes, sempre buscando refinar e aprofundar os conhecimentos, melhorando os entendimentos teóricos e aprimorando os aspectos práticos e atendimentos aos pacientes. Teve a oportunidade de estudar com importantes nomes e que me passaram grandes conhecimentos e suas experiências, em instituições, hospitais e Universidades de grande relevância para a Acupuntura e a Medicina Chinesa.

Mais recentemente, entre os anos de 2014 e 2018 se preparou e cursou o programa de Doutorado em Acupuntura-Moxabustão pela Universidade de Medicina Chinesa de Shandong com diversas viagens à China para cumprir os créditos, horas de clínica nos hospitais, além da parte da pesquisa e redação da tese. Foi no final de junho de 2018, que se tornou o primeiro brasileiro com o título de Doutor (PhD) em Acupuntura-Moxabustão na China pela Universidade de Medicina Chinesa de Shandong.

Foi em 2001 que, ao retornar da primeira viagem de estudos à China, a pedido de seus alunos, começou a lecionar alguns tópicos de aprofundamento e assim teve início a EBRAMEC, ainda apenas como CIEFATO – Centro Internacional de Estudos de Fisioterapia, Acupuntura e Terapias Orientais, que continua sendo o nome da mantenedora da EBRAMEC.

A EBRAMEC iniciou suas atividades como instituto educacional, cujo objetivo fundamental era promover cuidados com a saúde em iguais oportunidades sem haver espaço para discriminação relacionadas a raça, cor, religião, sexo, origem nacional, ancestrais, idade, status matrimonial, condição médica, orientação sexual ou atividade política. A EBRAMEC é totalmente comprometida com a proteção da liberdade acadêmica para questionamento e expressão da verdade em qualquer forma que esta possa ser encontrada.

A EBRAMEC iniciou sua jornada situada na Rua Tié, 94 na Mooca, local conjugado com o então domicílio de seu fundador. Pouco tempo depois, em busca de estrutura mais adequada, os cursos livres passaram a serem oferecidos em um novo endereço na Rua Siqueira Bueno, local mais próximo do Metrô Bresser, de fácil acesso aos discentes e funcionários.

Posteriormente as atividades da Instituição aumentaram com a procura constante pelos cursos oferecidos, sendo assim, a EBRAMEC transferiu-se para a Rua Tobias Barreto, 1243 no bairro do Belém com uma estrutura modesta composta por três salas de aula e um auditório que comportava 70 convidados. Com o passar dos anos os nomes CIEFATO – Centro Internacional de Estudos de Fisioterapia, Acupuntura e Terapias Orientais e EBRAMEC, se transformaram em referência no bairro e no município de São Paulo em relação ao ensino da Medicina Chinesa.

Sempre com base no projeto maior da instituição de promover ensino e atendimentos de qualidade em Medicina Chinesa, com o passar dos anos e a expansão dos cursos houve a necessidade de um espaço físico maior, com mais salas de aulas que comportassem a demanda com conforto, segurança, comodidade e mobilidade, de modo que em junho de 2011 a sede da EBRAMEC transferiu-se da Rua Tobias Barreto para o endereço atual, um prédio amplo com planta constituída por um pavimento térreo e três andares superiores, situado na Rua Visconde de Parnaíba, 2727 – Bresser-Mooca. Com esta estrutura a Instituição conseguiu de forma segura atender a crescente procura pelos cursos de Medicina Chinesa e outras terapias orientais.

Em função do significativo investimento de recursos no know how em Medicina Chinesa, com passar dos anos, apoios e filiações se realizaram formando assim laços e reconhecimento de outras entidades como da WFAS – World Federation of Acupuncture-Moxibustion Societies (Federação Mundial de Sociedades de Acupuntura e Moxabustão); da WFCMS – World Federation of Chinese Medicine Societies (Federação Mundial de Sociedades de Medicina Chinesa), da WMF – World Massage Federation; do SATOSP – Sindicato dos Acupunturistas e Terapias Orientais do Estado de São Paulo e da FENAB – Federação dos Acupunturistas do Brasil.

A EBRAMEC possui parceria da Universidade de Medicina Chinesa de Shandong; Universidade de Medicina Chinesa de Chengdu; Universidade de Medicina Chinesa de Guangzhou; Universidade de Medicina Chinesa de Jiangxi; Universidade de Medicina Chinesa de Zhejiang; 1º Hospital Afiliado da Universidade de Medicina Chinesa de Tianjin; Universidade de Medicina Chinesa de Shanghai; Parque Científico e Industrial de MTC para a Cooperação entre GuangDong e Macau; Fundação Europeia de Medicina Tradicional Chinesa (Espanha); Five Branches University (California). Resultado destes apoios e parcerias são as Visitas Culturais e de Estudos dos discentes EBRAMEC para estas Instituições.

Parcerias igualmente importantes são realizadas com a comunidade do entorno através do projeto Caritas em Acupuntura, em que são realizados atendimentos em acupuntura através do Ambulatório Geral de Acupuntura na Unidade Visconde de Parnaíba – 2727; somados aos ambulatórios de todos os pólos educacionais, Ambulatório de Atendimento em Acupuntura Auricular e Craniana na Paróquia São Pedro Apóstolo na Mooca, Diretoria Regional de Educação – Leste 4, e CIRETRAN. O projeto Caritas atende aproximadamente 3000 atendimentos ao mês, contemplando as mais variadas faixas etárias, porém, tendo a prevalência de idosos. As atividades são supervisionadas por docentes da escola e conta com o voluntariado sempre crescente dos discentes.

Com o intuito de atuar e se inserir cada vez mais no âmbito da Responsabilidade Social, a EBRAMEC expande suas parcerias com instituições reconhecidas e solidificadas em função de seu trabalho social, como a parceria com o Instituto UNIDOWN, que estabeleceu a oferta de cursos de capacitação em técnicas de Massoterapia Chinesa proporcionada pelo curso de Quick Massage para as pessoas com Síndrome de Down atendidas pela Instituição, além de disponibilizar o espaço da brinquedoteca na Faculdade para a prática de oficinas de estimulação motora e jogos para crianças de 3 a 9 anos com Síndrome de Down, chamado de Projeto Down Kids.

Em função do histórico da Instituição e seu compromisso com a educação a EBRAMEC a partir de 2013 iniciou o processo de pedido de autorização junto ao Ministério da Educação para tornar-se Faculdade empreendimento que culminou com a portaria de autorização n. 638 de 18 de julho de 2016 e com a portaria n. 688 de 31 Outubro do mesmo ano autorizou o primeiro curso de graduação da instituição.

Munidos com a expertise no Ensino de Qualidade e disseminação de Conhecimentos, seja no âmbito Comunitário ou no Acadêmico, a EBRAMEC busca continua e arduamente trabalhar em prol da formação de profissionais, para depois integrá-los ao mercado de trabalho paulista e brasileiro. E em função deste histórico como instituição de ensino, e seu compromisso com a educação, a EBRAMEC a partir de 2013 iniciou o processo de pedido de autorização junto ao Ministério da Educação para tornar-se Faculdade, que culminou com a portaria de autorização n. 638 de 18 de julho de 2016 e com a portaria n. 688 de 31 outubro do mesmo ano que autorizou o início do curso CST em Gestão de Recursos Humanos na modalidade presencial.

No entanto, houve um percurso entre o processo de autorização e a efetiva oferta dos cursos e no final do ano de 2016 a EBRAMEC abriu seu primeiro Processo Seletivo em CST em Gestão de Recursos Humanos, porém sem sucesso, transcorrendo o ano de 2017 sem oferta de cursos e sem vínculo de alunos do ensino superior. Mesmo assim, durante o referido ano a instituição investiu em capacitar seu corpo técnico para dar início a sua estruturação como instituição de ensino superior visando, inclusive, a ampliação de oferta de cursos.

Portanto, a Direção Geral da IES considera o ano de 2017 como importante na apropriação e desenvolvimento da expertise no campo da Educação Superior, sendo estruturados os PPCs, a CPA, o Regimento Interno, as adequações e investimentos em infraestrutura – acessibilidade; biblioteca; sala de aula; equipamentos de informática e etc. Neste mesmo ano foram encaminhados também os pedidos de autorização para os cursos de CST em Estética e Cosmética, CST em Gestão Comercial, CST em Comércio Exterior, Licenciatura em Pedagogia, e Licenciatura em Filosofia.

No ano de 2018 a EBRAMEC inicia seu CST em Gestão de Recursos Humanos com um número pequeno de alunos matriculados, buscando efetivamente trilhar seu percurso no ensino superior, ao mesmo tempo em que, no decorrer deste ano, recebeu comissões de autorização do Ministério da Educação, sendo aprovados os cursos: CST em Estética e Cosmética (CC 3), CST em Recursos Humanos (EAD)(CC 3), Licenciatura em Pedagogia (CC 4) e Licenciatura em Filosofia (CC 4). O curso de CST em Gestão Comercial não foi aprovado na ocasião.

Com o início efetivo dos cursos no Ensino superior e se sistematizando neste contexto, a Faculdade decide retomar sua missão na essência de sua constituição que seria consolidar-se como referência e ser reconhecida no ensino da Medicina Chinesa no Brasil, mediante a oferta de cursos de formação profissional de alto nível, protocolando, então, junto ao MEC os pedidos de autorização do curso inovador de CST em Fitoterapia com ênfase em Medicina Chinesa; CST em Massoterapia e CST em Acupuntura.

A partir das premissas da IES da difusão da Medicina Chinesa, em 2019 a EBRAMEC conquista o credenciamento para a oferta de cursos superiores na modalidade a distância, ampliando a possibilidade de levar o conhecimento e oportunidades a aqueles que não tinham como frequentar um curso presencial, em especial, aos que moravam em regiões distantes da sede da Instituição na cidade de São Paulo, seus polos em outros Estados e cidades e até outros países.

Na modalidade a distância iniciam-se primeiramente cursos livres de curta duração na área da medicina chinesa, sendo eles: minicursos, palestras e alguns eventos online (Pré Congresso, Seminário e Simpósio), alguns destes cursos foram disponibilizados gratuitamente, buscando cumprir a sua função social, oportunizando a todos o acesso a formação de qualidade. Sequencialmente o CST em Gestão de Recursos Humanos na modalidade EaD tem início e a partir desta preparação de infraestrutura física e tecnológica a Faculdade começou a planejar a expansão da modalidade, passando a serem ofertados, também, em nível de pós-graduação Lato Sensu e formação, os cursos de Dietoterapia Chinesa Kan Li; Clássico do Imperador Amarelo; Fitoterapia Chinesa e Acupuntura Clínica Avançada.

Concomitantemente, enquanto aguarda a visita do MEC para processo de autorização dos cursos inovadores de Graduação, a Faculdade amplia e aprimora as instalações laboratoriais já existentes, ao mesmo tempo que, amplia a oferta de laboratórios especializados para estes cursos, buscando a excelência nestes cursos e em novos projetos com qualidade, o que a conduz ao êxito (CC 5) no processo de autorização do CST em Fitoterapia em fevereiro de 2020.

Já o ano início do ano de 2020 fica marcado com o início da Pandemia do novo coronavírus, ficando evidente a necessidade de continuar entregando com qualidade o conhecimento (educação) para aqueles que precisavam estar geograficamente distantes, através do distanciamento social imposto.  A Faculdade EBRAMEC, assim como as demais instituições de ensino, precisou se adaptar rapidamente as transformações desta nova realidade passando a trabalhar exclusivamente através de seu ambiente virtual de aprendizagem, adquirindo salas de reunião virtual da ferramenta zoom, para as aulas síncronas, para que pudesse oferecer aulas remotas aos alunos dos cursos presenciais, permitindo assim, que os cursos pudessem continuar apesar do fechamento do prédio físico.

Mediante a nova realidade imposta pela Pandemia e encontrando na modalidade à distância uma nova oportunidade de atuação, a Faculdade EBRAMEC protocolou junto ao MEC, neste ano, o pedido de autorização do curso inovador de CST em Fitoterapia na modalidade a distância com ênfase em Medicina Chinesa.

O contexto da pandemia, atrelado ao ganho de expertise no ensino superior, trouxe êxito em processos autorizativos nas de áreas de afinidade a Medicina Chinesa, levando a Faculdade EBRAMEC a refinar seu percurso, focando em cursos de Graduação relacionados a sua missão e visão. E a partir disto, recorreu, também, aos pedidos de extinção de seus cursos de Licenciatura em Pedagogia e Filosofia em 2021 e alcançou êxito nos processos de autorização dos CSTs inovadores em Acupuntura (CC 4), em Massoterapia (CC 5) e em Fitoterapia na modalidade a distância (CC 4).

O ano de 2022 se destaca com o início das turmas dos CSTs em Acupuntura e Fitoterapia na modalidade presencial e à distância, porém sem formação de turma para o CST em Massoterapia, além do recebimento de visitas para o reconhecimento do CST em Gestão de Recursos Humanos (presencial e EaD), CST em Estética e Cosmética e o Recredenciamento Institucional.

Dentre os processos citados acima, cabe sinalizar que os processos de recredenciamento/reconhecimento incluíram, novamente, a visita in loco da comissão avaliadora do MEC, que buscou verificar se as condições apresentadas no Credenciamento Institucional e autorização de curso em 2016, acerca do funcionamento e infraestrutura da Faculdade foram mantidas e/ou aprimoradas. Nestes processos a Faculdade EBRAMEC alcançou com êxito seus resultados apresentando-se ainda melhor em relação ao seu credenciamento (nota 03/2016) obtendo a nota 4 na avaliação realizada agora. Assim como no processo de Reconhecimento do CST em Gestão de Recursos Humanos presencial que tinha obtido nota 03/2016 e agora obteve a nota 4. Ambas as Portarias foram publicadas no Diário Oficial da União (D.O.U.).

Um destaque importante é em relação às estruturas relacionadas com as práticas clínicas das técnicas e métodos aprendidos nos cursos, onde o aluno verdadeiramente aprende observando e atendendo pacientes verdadeiros. A Faculdade EBRAMEC oferece três ambulatórios em sua sede, devidamente preparados, equipados e adaptados para atendimentos à população de forma gratuita ou mesmo com valores reduzidos todos os dias nos diferentes horários. Desta forma, todos os dias da semana o aluno pode escolher os horários para que possa acompanhar os atendimentos e aprender na prática, vivenciando casos e pacientes reais. Além disso, com a grande oferta de atendimentos mais pessoas da população podem conhecer e se beneficiar dos efeitos da Acupuntura e outros ramos da Medicina Chinesa, como a Fitoterapia Chinesa, de modo que uma rede cada vez maior de pessoas possa buscar por estes atendimentos, não apenas conosco, mas com os futuros profissionais.

Consulte aqui o cadastro da instituição no Sistema e-MEC

Solverwp- WordPress Theme and Plugin