fbpx

FACULDADE EBRAMECOs Métodos de Três Agulhas que ajudam na Esclerose Múltipla - FACULDADE EBRAMEC

  • 11 2662-1713
  •  
  • 11 97504-9170

Os Métodos de Três Agulhas que ajudam na Esclerose Múltipla

Os Métodos de Três Agulhas que ajudam na Esclerose Múltipla

 

wheelchair-749985_1920-300x200 Os Métodos de Três Agulhas que ajudam na Esclerose Múltipla

 

A Esclerose Múltipla é uma das doenças neurológicas mais comuns em adultos jovens, com incidência entre 15 á 50 anos de idade.  Foi descrita inicialmente em 1868 pelo neurologista francês Jean Charcot, que a chamou de Esclerose em Placas. É uma doença crônica que contribui para uma deficiência neurológica e, a longo prazo, para a invalidez.

Nesta enfermidade, surgem placas inflamatórias que destroem a camada que recobre e isola as fibras nervosas (camada de mielina) do Sistema Nervoso Central. 

痿三针 wěi sān zhēn (上肢痿 shàng zhī wěi)

Três agulhas da Atrofia (Atrofia de Membro Superior)

Localização: No aspecto lateral do cotovelo, no ponto médio da linha conectando o ponto P5 (Chize) e o epicôndilo lateral do úmero.

Justificativa: Ação local e experiência clínica. Ponto pertencente ao Yang Ming, classicamente indicado para as condições de Atrofia.

Localização: No aspecto anterior do cotovelo, na prega cubital, na depressão lateral do tendão do músculo bíceps braquial.

Justificativa: Ação local e experiência clínica. Além disso, segundo a Medicina Chinesa os estágios iniciais desta doença envolvem Calor no Pulmão e este ponto é indicado para resolver esta condição.

Localização: No dorso da mão, diretamente radial ao ponto médio do segundo metacarpo.

Justificativa: Ação local e experiência clínica. Ponto pertencente ao Yang Ming, classicamente indicado para as condições de Atrofia.

Funções tradicionais:

Manipulações das agulhas:

O ponto IG11 (Quchi) deve ser agulhado de maneira perpendicular, com inserção de 1-1,2 cun, seguida de manipulações objetivando um estímulo forte. O ponto IG4 (Hegu) deve ser agulhado de forma perpendicular por 0,5-0,8 cun. No ponto P5 (Chize), a agulha deve ser inserida de forma perpendicular com o cotovelo em semi-flexão, inserção de 0,5-0,8 cun. De preferência métodos de tonificação são aplicados para o estímulo dos pontos.

Indicação principal:

Atrofia nos membros superiores.

Indicações adicionais:

Dores e dificuldade de movimento nos membros superiores, sequelas de AVC.

Combinação original do Dr. Jin

 

痿三针 wěi sān zhēn (下肢痿 xià zhī wěi)

Três agulhas da Atrofia (Atrofia de Membro Inferior)

Localização: No aspecto anterior da perna, na linha conectando os pontos E35 (Dubi) e E41 (Jiexi), 3 cun inferiores ao ponto E35 (Dubi).

Justificativa: Ação local e experiência clínica. É o ponto de acupuntura mais empregado na prática clínica. Possui uma importante capacidade de fortalecimento e recuperação de lesões. Ponto pertencente ao Yang Ming, classicamente indicado para as condições de Atrofia.

Localização: No aspecto tibial da perna, posterior à borda medial da tíbia, 3 cun superiores à proeminência do maléolo medial.

Justificativa: Ação local e experiência clínica. Este ponto é um dos principais para estimular a parte medial da perna e do pé, por ser um ponto de cruzamento dos três Canais de natureza Yin do pé.

Localização: No aspecto posteromedial do tornozelo, na depressão entre a proeminência do maléolo medial e o tendão calcâneo.

Justificativa: Ação local e experiência clínica. Ponto Fonte (Yuan) do Rim (Shen), que possibilita uma melhora nas funções de Órgão (Zang), com destaque, para o auxílio em doenças crônicas, além de atuar na parte mais inferior do corpo.

Funções tradicionais:

Manipulações das agulhas:

As agulhas devem ser inseridas nos pontos BA6 (Sanyinjiao) e E36 (Zusanli) de maneira perpendicular ou oblíqua, com as pontas das agulhas ligeiramente direcionadas para baixo, distal, de modo a ativar o fluxo em todo o trajeto do Canal do Estômago (Wei). O ponto R3 (Taixi) deve ser estimulado com agulhamento perpendicular e inserção de 0,3-0,5 cun. Dê preferência métodos de tonificação são aplicados para o estímulo dos pontos.

Indicação principal:

Atrofia nos membros inferiores.

Indicações adicionais:

Dores e dificuldade de movimento nos membros inferiores, sequelas de AVC.

 

Consulte nosso próximo curso de Neurologia: http://www.ebramec.edu.br/curso/acupuntura-clinica-ou-avancada-modulo-de-neurologia-1/

 

Fonte: Método das Três Agulhas,   Editora Brasileira de Medicina Chinesa. Autor: Dr. Reginaldo de Carvalho Silva Filho

           Portal do ABEM (Associação Brasileira de Esclerose Múltipla)