CURSO DE ACUPUNTURA

  • 11 2662-1713
  •  
  • 11 97504-9170

Curiosidades de Fitoterapia – Erva baleeira – Dia Nacional da Mata Atlântica

 

 

Dia Nacional da Mata Atlântica

 

forest-2005827_1280

 

De acordo com pesquisadores, e conforme informado pelo Ministério de Meio Ambiente, a vegetação original se estendia por 1,3 milhão de quilômetros, passando por 17 estados brasileiros. Atualmente, 7% da área do bioma permanece conservada.

 

Curiosidade de Fitoterapia com erva brasileira da Mata Atlântica

Cordia verbenacea – Erva baleeira

 

ERVA BALEIRA

 

Parte utilizada: Folhas.

Composição química: Artemetina, óleos essenciais, pigmentos, alantoína, açucares, cordialina A e B, rutina, robinina, hisperidina, Dihidrorobinetina, ácido cafeico, ácido clorogênico entre outras substâncias.

Ações e indicações clássicas: Anti-inflamatória de contusões, dores osteoarticulares, artrite reumatoide, gota, mialgia, fibromialgia e nevralgia. Útil para faringites, amigdalites e sinusites, como expectorante, béquico e nas prostatites e hidropsias.

Interações: Nada relatado.
Efeitos colaterais: Nada relatado.

Dose: Varia entre 10 e 40 mg/Kg/dia do pó da planta. Essa dosagem pode ser alterada se associada a outras plantas ou utilizada conforme a síndrome do paciente.

Propriedades: Refrescante, picante, doce.

 

Medicina Chinesa

Elimina vento umidade dos canais – Utilizada para padrões de síndrome Bi por invasão de vento umidade nos canais, apresentando dor articular e edema local, especialmente utilizada em casos que haja calor, com rubor e calor locais além dos sintomas já citados. Planta atua em canais mais superficiais, como tendino musculares e colaterais, sendo muito útil no tratamento de dores, inclusive de origem externa, como traumas físicos.

Contra indicações energéticas: Utilize com cuidado em pacientes com deficiência de líquidos orgânicos ou Yin, pois a erva possui um efeito secante importante e pode agravar essa situação.

Créditos: Professor José Carlos Sencini, ministra o curso de fitoterapia com ervas brasileiras

 

Saiba mais sobre Fitoterapia com ervas brasileiras em: http://www.ebramec.edu.br/curso/fitoterapia-ervas-brasileiras/