FACULDADE EBRAMECCuriosidades da China - Dia dos Finados - Culto ao Ancestral e o Principio de Sincretismo de Paraíso e Humanidade - FACULDADE EBRAMEC

  • 11 2662-1713
  •  
  • 11 97504-9170

Curiosidades da China – Dia dos Finados – Culto ao Ancestral e o Principio de Sincretismo de Paraíso e Humanidade

Curiosidades da China – Dia dos Finados 

Culto ao Ancestral  e o Principio de Sincretismo de Paraíso e Humanidade

 

 

 yin_yang.svg Curiosidades da China - Dia dos Finados - Culto ao Ancestral  e o Principio de Sincretismo de Paraíso e Humanidadeyin_yang.svg Curiosidades da China - Dia dos Finados - Culto ao Ancestral  e o Principio de Sincretismo de Paraíso e Humanidade

Principios Centrais da Filosofia Chinesa

Sincretismo entre paraíso e humanidade

Os antigos acreditavam que céu, terra, humanidade estavam estreitamente relacionados, influenciando-se mutuamente. Além disso, a antiga filosofia tratava ” céu e humanidade como um todo”, ressaltando a importancia da existência harmoniosa entre ser humano e natureza.

Culto ao Ancestral

Respeitar os ancestrais é muito importante para os chineses. O culto ao ancestral serve para pedir proteção e bençãos aos familiares falecidos.

Nos primeiros anos da dinastia Zhou, o culto ao ancestral foi codificado. Daí em diante, todos, dos funcionários do governo aos súditos, paasaram a cultuar os ancestrais.

O culto ao ancestral pode ocorrer de várias maneiras: rezando em casa ou com o clã, orando no templo, limpando as sepulturas em datas especiais, etc.

Placa Comemorativa do Ancestral

Os descendentes tratam as placas comemorativas dos ancestrais como lugares em que as almas dos ancestrais falecidos descansam, e rezam para tais placas. Elas são geralmente feitas de madeira e frequentemente chamadas de ” deuses de madeira”.

Fonte: Cultura Chinesa da editora ROCA traduzido para o inglês por Y N Han e Geraldine Chay e ilustrado por Fu Chunjiang